PRINCIPAIS REFERÊNCIAS

1997

  • Guia das principais espécies de pesca e da aqüicultura de interesse comercial em Espanha. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

1999

  • Análise da rentabilidade da frota que opera ao amparo dos acordos internacionais da Pesca. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Assistência Técnica para a realização de cursos na Comunidade das Canárias para a divulgação, implantação e consolidação no elo comercial do Real Decreto 331/1999 de normalização e tipificação dos produtos pesqueiros frescos, refrigerados e conhecidos. FROM. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

2000

  • Implantação de uma etiqueta para os produtos pesqueiros procedentes de reservas marinhas: aplicação no caso das ilhas Columbretes. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

2001

  • Análise da evolução do Comércio exterior da Pesca, comunitário e extra comunitário em Espanha, no período 1986-2000. Perspectivas futuras. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Análise e evolução das importações dos produtos pesqueiros procedentes das sociedades mistas no período 1986-2000. Integração das sociedades mistas nos esquemas de comercialização. Perspectivas futuras. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Exploração das possibilidades de formar sociedades mistas de pesca na República de Yemen. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre as grandes frotas de pesca pelágica. Incidências mos acordos pesqueiros e o mercado mundial das farinhas do peixe. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

2002

  • Assistência técnica para a implantação de um sistema de melhoria da qualidade em terra para os produtos pesqueiros em determinados pontos de primeira venda. Novotec/FROM. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Análise da aquisição de navios de Pesca de Bandeira Espanhola e possibilidades de pesca em África ocidental. China National Fisheries Corporation.

  • Estudo acerca da evolução recente do banco de pesca Argentino e suas conseqüências sobre a atividade das frotas de origem Espanhola. Secretaria General de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre a situação e perspectivas do sector da aqüicultura na Argélia e desenho do centro piloto de investigação e maquicultura marinha de Bou Ismail. República Democrática e Popular de Argélia - AECI.

  • Identificação de projetos de pesca artesanal e aquicultura para Guatemala e Belice. Agência Espanhola de Cooperação Internacional. Ministério de Assuntos Exteriores

  • Estudo de elegibilidade do gasto e viabilidade econômica das inversões co-financiáveis pelo IFOP no âmbito da frota (Las Palmas). Secretaria de Agricultura, Gado, Pesca e Alimentação. Governo de Canárias.

  • Estudo de elegibilidade do gasto e viabilidade econômica das inversões co-financiáveis pelo IFOP no âmbito da frota (Tenerife). Secretaria de Agricultura, Gado, Pesca e Alimentação. Governo de Canárias.

  • Estudo de elegibilidade e do gasto e viabilidade econômica das inversões co-financiáveis da Aqüicultura (em colaboração). ETI/Secretaria de Agricultura, Gado, Pesca e Alimentação. Governo de Canárias.

2003

  • Diagnóstico da pesca artesanal nas Caraíbas colombiana. Problemática e possibilidades de desenvolvimento. Agência Espanhola de Cooperação Internacional. Ministério de Assuntos Exteriores.

  • Estudo sobre as Possibilidades de desenvolvimento da frota Espanhola que pesca a pescada negra em águas africanas, problemas actuais e soluções para o futuro. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Seguimento da Actividade das Frotas que operam em Águas da Costa Atlântica Africana, na zona compreendida entre Costa de Marfim e Marrocos. WWF-Adena.

  • Cadastro Aquícola e o ordenamento do litoral de Tacna e Moquegua (Peru). Agência Espanhola de Cooperação Internacional. Ministério de Assuntos Exteriores.

  • Análise de elegibilidade IFOP para a aqüicultura marinha. Vice-Secretaria de Pesca de Canárias.

  • Assistência técnica para o apoio ao FROM no seguimento de projetos piloto no ANO 2003-2004. FROM-Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação

  • Implantação de sistemas de melhoria da qualidade na produtividade a bordo de navios de pesca.

  • Implantação de sistemas de melhora da qualidade em determinados pontos de primeira venda de produtos de pesca.

  • Implantação de uma Rede de Comunicações Comercial entre determinados pontos de venda: INFOPES.

2004

  • Análise da legibilidade IFOP para a Aqüicultura Marinha. Caracterização de custos. Secretaria de Agricultura, Gado, Pesca e Alimentação. Governo de Canárias.

  • Realização de um estudo sobre as possibilidades de inversão no sector da Pesca de Mauritânia. Possibilidades de integração da frota que opera ao amparo do acordo UE/Mauritânia. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Caracterização natural dos fundos marinhos situados na frente do paredão principal do porto da Pesca de Águias (Murcia). TECNOCEAN S.L./Secretaria de Obras da Região de Murcia.

  • Projeto piloto para a melhoria da qualidade dos produtos dos cultivos marinhos. Em colaboração com Deployment S.L. para o FROM, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Assistência técnica para a Realização da Análise da normativa que regula o mergulho profissional e a expedição de navios aplicada ás instalações de aqüicultura. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre o custo/beneficio dos acordos das Pescas atuneiros assinados pela União Européia com países costeiros africanos. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre o custo/ beneficio do Acordo da Pesca União Européia/Mauritânia. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre o custo/beneficio do Acordo da Pesca União Européia/Angola. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre a utilização de etiquetas meio ambientais nas conservas e preparados de atum em Espanha. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Redação do caderno de encargos Técnico para a Realização do Inventário Nacional de Hábitats e Taxones Marinhos da Diretiva Hábitats e as Convenções de Barcelona e OSPAR. Direção Geral de Biodiversidade, Ministério de Meio Ambiente.

2005

  • Elaboração de um relatório sobre o sector da pesca e a política tecnológica e de inovação. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Exposição e divulgação entre as pequenas e médias empresas do sector marítimo Espanhol e suas respectivas associações, das características, peculiaridades, vantagens, inconvenientes e custos das Sociedades de Garantia.

  • Recíproca, e reconhecimento do grau de aceitação que entre ditas empresas possa ter a constituição de uma S.G.R. setorial. Fundação INNOVAMAR.

  • Análise da diferença de custos nos processos de captura e transformações do atum entre navios atuneiros e instalações de processamento Espanholas e estrangeiras não comunitárias. INTERATUN.

  • Estudo relacionado com a problemática de carácter Higiénico-Sanitário que temas empresas armadoras constituídas pertencentes a o clusters de empresas de pesca em países terceiros. CEPPT (Clusters de Empresas de pesca em Países Terceiros).

  • Trabalho de Consultoria para a Formulação de uma campanha experimental de pesca de palangre com dois navios em águas do Oceano Pacífico. TUSAPESCA S.A.

  • Estudo da situação actual do sector da Pesca em cada um dos países mediterrâneos. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Análise de Elegibilidade IFOP para Aqüicultura Marinha. Caracterização de costas. Vice-Secretaria de Pesca de Canárias. Secretaria de Agricultura, pesca e Alimentação.

2006

  • Seguimento e controle das pescas no Oceano Atlântico com base em Montevidéu (Uruguai). Anos 2006-07. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo relacionado com a problemática de carácter Higiénico-Sanitário que tem as empresas armadoras constituídas pertencentes a o Clusters de Empresas Pesqueiras em Países Terceiros. Cluster EPPT

  • Membros do consórcio internacional Globalfisheries 2002, qualificado para a Realização do projeto "Strengthening Fishery Porducts Health Conditions in ACP/OCT countries. LOT 1: Studies and artisanal Fisheries support"

  • Realização do documento de trabalho relativo á Análise sobre a Integração dos Princípios Horizontais no Fundo Europeu da Pesca. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Assistência técnica para o seguimento e controle das pescas de tunídeos no Oceano Atlântico, com base em Dakar, Senegal. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre o abastecimento e comercialização do Peixe Espada em Espanha. Secretaria Geral de Pesca Marítima, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo sobre a qualidade de atum vermelho e barbatana azul (Thunnus thynnus) de almadrava Espanhola e suas possibilidades de comercialização em mercados europeus. FROM, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Projeto Piloto “Desenho e Verificação de Melhoras Técnicas Estructurais das Almadravas do Litoral Espanhol”. FROM, Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

2007

  • Estudo para a “Identificação das Possibilidades de Melhora das Infra-estruturas e Equipamento do Porto de Mindelo, na Ilha de San Vicente”. Ministério de Infra-estruturas de Cabo Verde - ENAPOR.

  • Estudo denominado “Estimação dos custos directos de gestão da Rede Natura 2000 marinha em Espanha a partir de uma proposta de espaços marinhos protegidos para a sua inclusão na Rede” Tragsatec

  • Estudo denominado “Identificação das Possibilidades de Melhora das Infra-estruturas e Equipamento dos desembarcadouros de Pesca Artesanal no Litoral de Peru” financiado através da linha FEV do Ministério de Indústria, Comércio e Turismo de Espanha e executado por Intecsa-Inarsa em colaboração com Estudos Biológicos S.L.

  • Análise dos mecanismos de inversão e desenvolvimento do sector da Pesca Espanhola no Peru. Secretaria Geral de Pesca Marítima. Ministério de Agricultura, Pesca e Alimentação.

  • Estudo de competitividade das frotas de pesca de bandeira Espanhola que efectuam a faina fora das águas comunitárias perante navios de terceiros países. CEPESCA (Confederação Espanhola de Associações de Pesca).

2008

  • Seleção e identificação das Possibilidades de Melhora das Infra-estruturas e Equipamentos do Futuro “Centro de Referência da Pesca” de Argélia. Empresa Nacional MERCASA.

  • Seminário Avançado sobre o “Uso da Biotecnologia como ferramenta de desenvolvimento socioeconômico e de gestão Sustentável e conservação dos recursos genéticos". AECID e o Ministério de Ciência e Tecnologia de Moçambique.

  • Elaboração de uma “Guia de Consumo de Pesca Responsável em Espanha”. WWF-Espanha.

  • Elaboração dos Termos de Referência do projeto FAD de Identificação das Possibilidades de Melhoria das Infra-estruturas e Equipamento do Porto de Mindelo, na Ilha de San Vicente. Ministério de Infra-estruturas de Cabo Verde – ENAPOR.

2009

  • Estabelecimento de linhas diretrizes que fomentem o desenvolvimento sustentável da aqüicultura no Mediterrâneo, em relação á aqüicultura continental e também á diversificação da actividade aquícola (marinha e continental). Realizado por Tecnoma para a Secretaria Geral do Mar.

  • Análise das Possibilidades de comercialização na Europa de produtos pesqueiros Peruanos especialmente de moluscos bivalve, pota e biqueirão. INCAMAR seafood

  • Identificação e formulação de um projeto para a melhoria dos seis Desembarcadouros da Pescas Artesanais na costa de Peru. Ministério da Produção – Vice-Ministério de Pescas.

  • Assistência técnica para a criação dos módulos de formação em pesca sustentável e biologia marinha para a Escola de pesca de Noadibou. Fundação CBD-Hábitat-ENEMP, Mauritânia.

  • Assistência técnica para a Realização de um perfil “concerning to Spain about the conditions of work in the fishing sector. International Labour Office (ILO)”

  • Assistência técnica para a identificação de navios de pesca Espanhóis que tenham sido subsidiados com fundo Europeu e estejam acusados de atividades de pesca ilegal. PEW Environment Trust

2010-2011

  • Avaliação independente do “Projeto para o Desenvolvimento Racional e Sustentável do Sector da Pesca” (INT07/16M/SPA) Organização Internacional do Trabalho

  • Assistência técnica para a criação de um Instituto de Biotecnologia Marinha em Moçambique. CPD-Ciência

  • Policy Country Coordination for Spain to Reforming the Common Fisheries Policy in Europe project. PEW Environment Group

  • Avaliação de Impacto socioeconômico da declaração de Áreas Marinhas Protegidas. Ação C3 do projeto Indemares. WWF Espanha-Fundação Biodiversidade

  • Analytical and Advocacy work in Spain on CFP reform. WWF Europeian Policy Office.

 

Especialistas em meio ambiente marinho Desde 1996